textos

Alguém que não sou eu

14:58

 @_olucas
@_olucas
A marcenaria perto da sua casa não tem tantas coisas gostosas como achei que teria. Desde que me tornei adulta, passei a ter o paladar mais refinado. Deixei de ser criança a muito tempo. Mesmo assim, eu adorava ir com você até lá. Você nunca acorda cedo, provavelmente porque nunca dormia direito ou acordava de ressaca, então precisava de algumas horas até levantar. Eu passava esse tempo afogando meu tédio em café e conversas com sua avó, ajudava na louça, cuidava de mim, pensava sobre o que faríamos juntos mais tarde, como toda boa moça faz. Enquanto eu trançava os planos com as possibilidades, via o tempo passar e na cabeça eu esperava muito que você fosse capaz de um dia conseguir me acompanhar. Sempre gostei de sair com você e jogar conversa fora, provocações físicas e mentais sobre manias um do outro eram constantes. Eu, nova na cidade, estava me adaptando a sua incrível necessidade de ter alguns amigos por perto, sempre me achando melhor sozinha, você veio para me acompanhar e trouxe todos os amigos juntos, mas ao invés de me fazer um deles, as conversas sobre o universo e como ele funciona ficavam pras pessoas que não eram eu.

You Might Also Like

0 comentários

Oi!! Deixe seu comentário na caixinha dizendo o que achou do post, do blog ou simplesmente tirando alguma dúvida.
Para avisos sobre memes ou selinhos, comentem na página de selinhos (clique no link "Selinhos" lá em cima), por favor. Se não eu nunca vou responder por pura distração :\
Se quiser fazer uma troca de links, ou seja: parceria, comente na página "Mais blogs". O link está lá em cima, perto do link "Selinhos", vou adorar ter parceria com o seu blog :)
Então, é isso. Obrigada por comentar, volte sempre!

Cadastre-se no blog

Já me visitaram