27 de outubro de 2016

Dicas para o cerebro funcionar melhor


Depois de anos de experiência, luta e tudo mais, posso dizer hoje que não, ainda não cheguei aonde queria estar, mas que estou no caminho. Paciência, né? Uma coisa que aprendi nesse meio tempo é que ter dificuldade em algo não é desculpa para evitar... é claro que quanto antes pegarmos algo para aprender, melhor, devido a quantidade de neurônios que temos (quanto mais envelhecemos, menos neurônios nós temos, e neurônios são os responsáveis pela memória armazenada, capiche?). 

Existem várias maneiras de fazer com que o cerebro funcione melhor e que ele permaneça jovem, pronto para uma nova recarga de conhecimento expontâneo e ajudando principalmente na memória. 

Uma das maneiras está na nossa alimentação, óbvvvvio. A proposito, vocês sabiam que a canela é um estimulante cerebral? Cientistas fizeram o teste em camundongos e eu fiz em mim mesma, talvez seja psicologico, mas sempre que bebo água com pó de canela alguns minutos antes de começar a estudar, o meu rendimento melhora bastante. Além da canela, outro estimulante cerebral natural encontrado em alimentos que eu sou adepta é ômega 3, encontrada principalmente em peixes. É ótimo para preservar nossos neurônios. Se você é vegetariano ou então não gosta de peixe, você pode comer linhaça, nozes, chia, etc, que também possuem Ômega 3.

Fora a alimentação, tem algumas dicas que podem ser consideradas como passatempos, mas um passatempo a nosso favor, não um passatempo daqueles que matatempo. Sou superadepta a caça-palavras, até porque em uma lojinha de 1,99 da minha cidade, tem aquelas revistas feitas com papel jornal que custam R$0,99 cheia de caça-palavras, ou palavras cruzadas. Esses exercicios estimulam o cerebro, quanto mais você exercita o cerebro, mas forte ele fica. É como ir a academia, mas uma academia intelectual.

Substituir a calculadora por calculos mentais quando estiver no mercado, estar sempre lendo um livro após o outro, senão dois ao mesmo tempo (tentar lembrar do enredo de uma história enquanto esta lendo outra força o cerebro a trabalhar mais) e estar sempre procurando exercícios para o raciocínio lógico. Boole não teve um todo trabalho ao estudar a lógica pra gente chegar nos dias de hoje e ter preguiça de pensar de uma maneira mais refinada ao se deparar em uma situação em que os calculos matemáticos não sejam suficientes... por favor, né?

Se você está com dificuldades na escola, na faculdade, pagando mico e perdendo amizades pela falta de memória, sugiro que deixe um pouco de lado esse celular, a facilidade que os tempos modernos nos proporcionam e ir atrás de alguns desafios, algumas complicações. Mas não se prenda apenas ao que citei aqui nessa postagem, eu escrevi baseado nas minhas rotinas... existem mil outros alimentos e exercícios cerebrais por aí, é só procurar.

12 de outubro de 2016

Fashion Mia review com fotos e vídeo

Oi, gente!

Eu amo roupas, amo como podemos esbanjar nossa personalidade simplesmente nas roupas que vestimos, e eu adoro estar sempre inovando, mudando o meu estilo, experimentando tendências novas, arriscando, por isso estou sempre em mudança constante... vai que eu gosto, não é?

E o melhor lugar para encontrar diversidade em peças de roupas é na loja virtual Fashion Mia, isso porque tem roupa pra todo gosto, estilo e idade, e os preços são bacanérrimos! Vantagem dupla, pois se não morrermos de amor tanto pela peça comprada, o desperdício não é grande. O que não foi o meu caso, certo?

Recebi aqui em casa depois de cerca de dois meses de espera as peças que havia escolhido na loja virtual, elas vieram em sacos super resistentes, embaladíssimas. Eu a-m-e-i cada peça que recebi e usei com toda a coragem que eu tenho. Digo pra vocês: não me arrependi. Cada vez que usei cada uma dessas peças eu me senti super a vontade e linda, além de receber chuvas de elogios e olhares.


Essa é a "Bohemian Patchwork Seethrough Loose Fitting Tassel Vintage Tunic", custou-me apenas US$5,95 na época. Essa peça transforma qualquer look básico e sem graça em um look super copiável. Trabalhada na transparência e franjas, ainda possui detalhes bordados nas extremidades. É uma dessas peças que considero cheia de informação e ao mesmo tempo, misteriosa.

Provavelmente essa é a minha preferida. A peça "Printed Chic Round Neck Maxi-Dress" custou-me US$13,95. É algo que definitivamente faz com que eu me sinta africana. Chique, não? Foi exatamente por isso que eu prendi o cabelo num coque alto, meu cabelo já chama a atenção demais, pra não ficar super sobrecarregado, prendi e achei que ficou ótimo! Esse vestido foi paixão a primeira vista, e assim que o vesti, não poderia descrever tamanha obsessão. 

E por último, porém não menos importante, esse vestido divino! Gente, o vestido não é assim, na verdade... eu tive que personalizar porque seu recorte original não dava pra usar, sério! Ele tem um super decote que definitivamente não é pra mim, então eu o vesti ao contrário, coloquei a frente pra trás e a trás para frente. Achei dessa maneira mil vezes mais elegante, aproveitei pra ir almoçar com a família nesse último domingo em um restaurante na saída de Santa Fé do Sul pra Aparecida do Taboado. Ele custou US$15,95, mas infelizmente está fora de estoque no momento, então não tem link #tobad. Seu nome é "Geometric High Slit Printed Tribal Cut-out Captivating Spaghetti Strap Maxi-dress".

Eu ainda gravei um vídeo, pra quem quiser ver, fique a vontade e me diga o que achou, beleza?


Então, agora sim. Espero que tenham gostado dessa dica de loja, viu? 
Um grande beijo, até a próxima <3

11 de outubro de 2016

Como se divertir na piscina sem se molhar


Oi gente, tudo bem com vocês? Parem tudo que estão fazendo que o papo agora é super interessante. Quem é que não curte alguns apetrechos super divertidos quando vai passar um tempo na piscina? As opções são diversas, existem várias coisas no mercado pra quem curte se divertir debaixo do sol, aproveitar um super dia quente sobre a água, as vezes se molhando ou então as vezes não.

Eu não sei se vocês sabem, mas eu não sei nadar, sempre quis aproveitar a piscina pra ficar boiando nela. É tão relaxante, vocês não concordam? Então se você é assim como eu e se identificou com a minha pessoa, te garanto que essa publicação vai te fazer mais feliz, pois falaremos sobre coisinhas que nos proporcionam diversões provavelmente maiores do que nadar e até com muito mais segurança.

Bom, quem foi que já esteve em algum lugar e não viu essas bolas gigantes, que a gente entra e fica boiando em cima da água, dentro da bola? São conhecidas como water game inflatable zone. Não é difícil de encontrar em shoppings, eventos na cidade, entre outros… Esses infláveis estão cada vez mais presentes no nosso cotidiano, antes eram as simples boias para as pessoas não se afogarem, então vieram as camas infláveis, patos, golfinhos, e agora as bolas e esses rolos gigantes infláveis. Dá pra acreditar?

As bolas gigantes infláveis que falei são mais fáceis de encontrar… eu mesma que saio de casa de vez em quando NUNCA já vi umas duas ou três vezes em cidades vizinhas a minha. São bolas geralmente transparentes, mas algumas são coloridas, você entra nela e a bola é fechada com um zíper, então cabe a você se movimentar o mais rápido que conseguir para rolar e rolar e sair do lugar. As crianças que parecem possuir uma fonte inesgotável de energia amam, e aqueles que estão querendo perder peso, inclusive.

















Já o rolo gigante inflável é meio engraçado, procurei vídeos na internet porque eu sinceramente não conhecia. Gente, só de ver o vídeo já dei várias risadas e desejei atravessar a tela do computador para poder brincar também. Que delícia! O nome faz jus ao produto: é um rolo. Sim, rolo de papel higiênico, pense no rolo que imaginar, mas gigante, inflável e colorido. Agora você está dentro do rolo gigante, correndo feito um hamster em sua gaiola. A risada é certa, e haja folego para tal brincadeira. Eu super amei e é certo de que esse é um produto que adoraria ter em casa (caso eu tivesse uma piscina).

Então, pessoal, digam-me o que vocês acharam, a opinião de vocês é muito importante. Vocês curtem esses infláveis? Desejam ter?

Um beijo, até a próxima!

Outdoor Water Games - www.inflatable-zone.com

5 de outubro de 2016

Ser descendente de árabes e viver rodeada por machistas me fez ser feminista

Eu sou a favor do feminismo porque cresci ouvindo “você não pode, porque é menina”, evitava sair porque “menina direita não fica na rua”, e deixei de usar roupas que eu gostava ou que estavam na moda, porque os meninos me chamariam de nomes que eu não gostaria de ser chamada.

Sou feminista porque vivo rodeada de homens na faculdade pelo motivo de ser um curso na área da informática, onde poucas mulheres pretendem estar. Mas eu estou lá em meio as diárias piadas e comentários machistas que eles fazem. Eu estou lá gritando com alguém que se sentiu no direito de puxar meu braço com força para perto dele, ou evitando estar no mesmo lugar que alguém que por algum motivo, achou que poderia pegar na minha bunda. Estou lá, no mesmo lugar onde um garoto não gostou quando pedi pra ele parar de me chamar de “princesa” ou de “gata”, pois essas demonstrações de carinho vindo da parte de alguém que me segurou com tanta força no corredor da faculdade com o intuito de me beijar, não resultaria em boa coisa. É preciso desenhar para entender que não dei nenhuma liberdade para esse tipo pessoa?

Eu sou feminista porque já me mandaram mensagem no whatsapp dizendo “eu odeio as mulheres”. E o cara é hetero. “Fala isso pra sua mãe”, foi a minha resposta. Penso, se a pessoa odeia mulheres, mas ainda assim tranza com elas, ele é um machista que possui todo aquele pensamento nojento de que mulheres são submissas, não são capazes de nada, e que elas só servem para satisfazer todo e qualquer desejo dos homens. Eu sou feminista porque não concordo com esses pensamentos, nem com essas atitudes, nem com esse ódio.

Sou feminista porque no meio de tantos homens, vejo que possuo as mesmas habilidades na informática, senão habilidades maiores em certas áreas. Noto também que assim como posso ajudar, eu também procuro ajuda em assuntos que não me entram na cabeça, e que homens e mulheres possuem dificuldades e facilidades em diversos assuntos diferentes. Não que eu não saiba disso, mas algumas pessoas que estão lendo isso talvez não saibam, mas o feminismo é justamente isso… lutar pela igualdade de generos.

Por fim, a você que resolve fechar os olhos para toda essa questão que citei aí em cima, e só consegue enxergar aquelas passeatas, ou acha que o feminismo é ódio aos homens, lembrem-se disso: eu sou feminista, hetéro, faço parte do 30% de mulheres em uma sala de aula, gosto de cozinhar e de cuidar da casa, assim como sonho em trabalhar e ser independente financeiramente. Não aceito que toquem em mim sem minha permissão, assim como não faço isso com ninguém. O feminismo é a luta pelo respeito entre as pessoas, independentemente do sexo.

3 de outubro de 2016

5 trechos que estão na minha cabeça

"Aposto que ela nunca poderá fazer você chorar, porque as cicatrizes em seu coração ainda são minhas." 
Woo - Rihanna

"Sim, eu vou admitir que eu sou uma tola por você. Por você ser meu, eu ando na linha."
I walk the Line - Halsey

"Querido, eu não ligo se ela está em seu coração, eu só me importo em acordar com você em meus braços uma última vez." 
One Last Time - Ariana Grande

"Então, eu estava dormindo ao lado dele, mas estava sonhando com o outro cara." 
Baby Talk - Miley Cyrus

"Você não tem ideia de que é minha obsessão? Sonhei com você quase todas as noites esta semana. Quantos segredos você consegue guardar?" 
Do I Wanna Know - Arctic Monkeys