textos

O que você não sabe

21:17

Você tem um rosto que poderia destruir homens fortes, insensíveis, racionais, com quase 2 metros de altura e talvez não acredite nisso. As meninas querem ser você, os meninos te querem, você não sabe, mas finge muito bem. Ao caminhar com sua autoconfiança deixa todos de queixo caído e com um pingo de inveja, porém, está ocupada demais tentando manter a postura e não pirar de vez em meio a um pátio cheio de homens +18 pra reparar nisso.

Já se deu conta de que quando algum rapaz vem falar contigo, ele geralmente se atrapalha com as palavras e não consegue te olhar nos olhos de tanto medo que ele tem de estragar tudo? Acredite, ele tem esperado muito por esse dia, até que enfim engoliu uma dose de coragem, se levantou e caminhou em sua direção, ao pedir permissão para sentar-se ao seu lado, as palavras se embaralharam, mas você entendeu, e com aquele sorriso de “calma, não se preocupe, não te morderei”, você concedeu que ele se tornasse a sua companhia nos próximos 20 minutos.

Agora você está disponível. Não foi isso que disse àquele que te destruiu ao dar-se conta de que o amor pode sim ser um jogo de campo minado? Lembra do tom de voz que ele teve ao ouvir isso de você? O coração se parte novamente ao perceber que aquelas lembranças, aquelas cobranças, aquelas muitas ligações perdidas ignoradas propositalmente, não serviram muito para ele parar de te procurar. Mas eu te pergunto, minha amiga... Como se sente ao ter um coração que ainda não foi cicatrizado, partido mais uma vez?

A conversa com o rapaz vai fluindo, sua fisionomia, cidade natal e hábitos diários te lembram muito ele, e você está morta de vontade de contar isso pra sua nova companhia. Como aquela música da Taylor Swift “eu quase o mencionei (...) mas pela primeira vez, o que passou, passou”, você precisa deixar algumas coisas para trás para poder seguir em frente.

Você sabe que ele se atrasou pra aula por sua causa, e a essa altura do campeonato, a faculdade inteira também sabe que deveria existir algum curso extra-curricular para ninguém ser idiota o suficiente e se envolver com você. As informações voam como uma folha ao soltar-se da árvore, de um lado pro outro, até alcançar o chão, e ser o centro disso não é novidade nenhuma para você, não é mesmo?

You Might Also Like

2 comentários

  1. Nossa, tocou na alma. Adorei!

    dá uma passadinha no meu blog (espero que goste)
    http://sao-so-pensamentos.blogspot.com.br/

    bjs

    ResponderExcluir

Oi!! Deixe seu comentário na caixinha dizendo o que achou do post, do blog ou simplesmente tirando alguma dúvida.
Para avisos sobre memes ou selinhos, comentem na página de selinhos (clique no link "Selinhos" lá em cima), por favor. Se não eu nunca vou responder por pura distração :\
Se quiser fazer uma troca de links, ou seja: parceria, comente na página "Mais blogs". O link está lá em cima, perto do link "Selinhos", vou adorar ter parceria com o seu blog :)
Então, é isso. Obrigada por comentar, volte sempre!

Cadastre-se no blog

SUBSCRIBE

Já me visitaram