O quão ruim é nunca estar satisfeita

12:30

Foto por Rachel Baran

Tem dias que eu acordo com uma vontade enorme de deixar tudo pra lá, de centrar meus pensamentos apenas no que me faz bem e esquecer de tudo que envolve você. Seria pedir demais você voltar a ser pelo menos, no mínimo, gentil comigo? Eu sabia que todo aquele carinho que eu recebi no começo era pelo motivo de ser nova na cidade, e que logo mais, logo menos, as pessoas começariam a mostrar suas caras, fazer o que bem entendem, sem se importar muito.

Março chegou, e com ele, tudo de bom que aconteceu em fevereiro foi deixado para trás. Pessoas que não olhavam na minha cara quando me conheceram, hoje sorriem para mim e me fazem agrados. Não que isso seja ruim, mas em compensação, pessoas que me levavam para sair, beijavam a minha mão e me contavam seus segredos, não tem a decência de se quer olhar para mim enquanto conversam comigo. Algumas pessoas entram na sua vida simplesmente para mostrar que ninguém muda, apenas ficam melhores em se esconder, só para conseguirem o que quer. 

A verdade é que ficar sozinho te deixa feliz a partir do momento que isso se torna a sua única opção. Eu não estou sozinha. Estou no meio de muita gente, mas quando não estamos com quem queremos, nada mais importa. Eu gostaria de estar com você, ou com ele. Mas por querer dois, eu não tenho nenhum, e talvez por não ter nenhum, eu quero mais. O quão ruim é nunca estar satisfeita? Eu posso ter uma companhia para tomar sorvete a qualquer hora que eu quiser, mas não tenho uma companhia para sentar comigo todas as quintas e tomar tereré antes da aula. Eu sinto falta disso.

Eu sinto um pouco de raiva de você. Raiva por ter trabalhado todos os meus hormônios e depois resolver trabalhar os hormônios de outra pessoa, deixando-me nesse estado de abstinência. Eu fico triste em saber que você gosta de mim, assim como gosto de você, mas que por sermos exatamente iguais, odiamos um ao outro. Faz muito muito muito tempo que não te vejo, mas se bem me lembro, da última vez que a gente se viu, eu odiei você com tanta força que não queria te deixar sem mim... Nunca mais.

É fato que você gosta de usar as pessoas, e depois diz que todo mundo é falso, não se pode confiar em ninguém. Na verdade, as pessoas que deveriam tomar cuidado com você. Você deveria tomar cuidado com você.

É ruim estar fora do controle, não é? É ruim ficar como segunda opção, ser deixado de lado, ou ignorado quando aquele seu sorriso saiu, e você não conseguiu disfarçar a felicidade em me ver. Eu sei como dói ser maltratado por quem já te fez feliz, nem que fosse por alguns minutos sob efeito do álcool. 

Ultimamente eu tenho ouvido muito aquela música da Engenheiros do Hawaii que nunca fez sentido para mim, e pra ser sincera, não espero de você mais do que educação, beijo sem paixão, crime sem castigo, aperto de mãos, que sejamos bons amigos. Não espero que você minta, não se sinta capaz de enganar. Quem  não engana a si mesmo? Nós dois temos os mesmo defeitos, sabemos tudo ao nosso respeito. Pra ser sincera, não espere que eu te perdoe por ter perdido a calma comigo. 

You Might Also Like

0 comentários

Oi!! Deixe seu comentário na caixinha dizendo o que achou do post, do blog ou simplesmente tirando alguma dúvida.
Para avisos sobre memes ou selinhos, comentem na página de selinhos (clique no link "Selinhos" lá em cima), por favor. Se não eu nunca vou responder por pura distração :\
Se quiser fazer uma troca de links, ou seja: parceria, comente na página "Mais blogs". O link está lá em cima, perto do link "Selinhos", vou adorar ter parceria com o seu blog :)
Então, é isso. Obrigada por comentar, volte sempre!

Cadastre-se no blog

SUBSCRIBE

Já me visitaram