30 de novembro de 2014

Look do dia: Segundo dia de formatura



Oi gente!
Continuando os contos sobre a minha formatura, no sábado, depois que o dia amanheceu, a mãe da Kalitinha Flor iria para a cidade comprar café da manhã pra gente, então eu pedi uma carona pra vir ver meus pais já que não conseguia falar com eles de jeito nenhum. Vim e levei para o rancho um pouco de chá, hortelã, caneca e alguns vestidos só em caso de precisar. 

O probleminha é que as bocas do fogão são tipo, enormes, ou seja... Nada de chá, porque a caneca não cabia lá. Então tomamos café da manhã, troquei de roupa e tirei algumas fotos. Não consigo lembrar direito o que aconteceu nesse segundo dia, tá tudo borrado na minha cabeça e eu não tenho certeza de nada.

Mas de uma coisa eu tenho certeza... Ex-melhor amiga estava lá. Ela foi antes ou depois do almoço, não importa quando, mas ela estava lá. É engraçado dizer "ex" porque eu ainda amo ela do mesmo jeito, só que a diferença é que agora estou machucada demais pra tentar ser amiga de alguém.

Então eu me lembro também do banheiro, e de quando os boatos começaram, e quando quase quis matar uma pessoa, ir embora, chorar, mas fiquei lá, fingindo que não era comigo, conversando com as meninas sobre o meu assunto preferido e o assunto preferido de todos que me conhecem: eu mesma.

O segundo dia foi o dia em que mais choveu, definitivamente ninguém queria fazer nada, só ficamos sentados na mesa do lado de fora assistindo a chuva cair e imaginando como os planos de ficar bronzeada foram por água abaixo. Pelo menos consegui aproveitar duas coisas desse sábado: 1 - esse look do dia super menininha que eu amei e 2 - uma boa noite de sono.

PS: A blusa e a saia são da loja do meu pai (R$15,00 cada peça) e o chinelo foi a minha irmã quem me deu, é da Ipanema. 

Próximo post talvez será sobre o domingo, ainda estou pensando sobre o assunto... hehehhe brincadeirinha gente!
A gente se vê depois :* 

26 de novembro de 2014

Look do dia: Primeiro dia de formatura



Oi gente!
Sexta passada eu estava fazendo uma postagem contando que no mesmo dia começaria a minha formatura, mas ai percebi que acabaria me atrasando se não fosse arrumar minhas coisas logo, então, a postagem de hoje é sobre meu look do dia para minha formatura que começou no dia 21. 

Cheguei lá por voltas as 19h, fiz minha família toda ir e entrar no rancho Hebreus junto comigo, aqui no Taboado, pra ver que tá tudo OK, tudo sob controle, já que eu dormiria duas noites lá. Confesso que não foi fácil conseguir permissão dos meus pais para isso, eles não me deixam dormir fora de casa desde que me conheço por adolescente. Mas conversei com a minha mãe, disse que agora tenho 18 anos e eles precisam deixar eu tomar as minhas próprias decisões, que já esta na hora de crescer. Então ela deixou... Uffa!

No primeiro dia, o pessoal foi chegando aos poucos e bebendo bastante. Ri muito com muitas coisas que aconteceram. A festa que começou às 18h não terminou naquele dia. Pulamos na piscina, o pessoal dançou bastante (eu não dancei porque não sei dançar gente, acreditem, seria mico total), e comemos churrasco que a mãe da Ju ajudou a preparar. Eu sei que disse que não gosto de carne, mas também não gosto de arroz, e só tinha carne, arroz e mandioca para comer nesses dias. Então, eu comi (tava uma delícia, tia mãe da Ju!).

Na hora de dormir... Quem disse que tinha isso? Deitamos por voltas das 1 ou 2 da madrugada, tinha pelo menos umas dez pessoas no quarto em que eu estava (sorte a minha que cheguei cedo e peguei a cama que estava vazia, meu colchão ficou enrolado até o segundo dia). Ninguém parava de conversar, graças ao MJ #triloco, que entrava no quarto toda hora pra encher o saco, provavelmente ele não se lembra disso. O som não foi desligado até o sol nascer. Saí muitas vezes no meio da noite pra beber água e tinha gente dançando e pulando na piscina até aquela hora.

Fomos "acordados" às 5 da manhã por uma galera que passou de quarto em quarto gritando "a gente não dormiu, então vocês também não vão". Rendi-me, peguei minha blusa de frio, deitei na espreguiçadeira e esperei o sol nascer. O sol nasceu, mas o dia estava dublado de mais pra gente poder sentir ele. #Bad

Então, é isso gente. Se tudo der certo, posto o look do segundo dia e conto como foi. Desejem-me sorte, porque ultimamente, tá dando tudo errado.
Beijossss

15 de novembro de 2014

SPFW Inverno 2015

Foto por Fernando Nascimento
O evento SPFW (São Paulo Fashion Week) é o 5º maior evento de moda do mundo, acontece uma vez por ano durante quatro dias de desfiles. Do dia 3 ao dia 7 de novembro, 37 grifes desfilaram suas coleções Inverno 2015, divulgando as novas tendências nas passarelas.

Grifes como Acquastudio, Cavalera, Giuliana Romano, Osklen e Sacada aderiram a transparência em tule e outros tecidos como tendência.

Versache para Riachuelo, Tufi Duek, Lilly Sarti, Iódice e Giuliana Romano apostam nos tons neutros. Total black e total nude no caso da Iódice. A coleção Giuliana Romano pro Inverno 2015 foi inspirada em "Passeio noturno com um mood voyeur".

As cores preferidas nessa edição do SPFW foram vários tons de azul, mostarda. tijolo, camelo, vinho e dourado na coleção da Teca por Helô.

Materiais mais pesados como o veludo, tricô, silky fur, couro, astracã, lã e jeans estão entre os preferidos da Gig Couture, Juliana Jabour e Triton.

O cropped não deixou e nem vai deixar de ser febre tão cedo, assim como a animal print e o jacquard estampado.

A mistura de estampas, tecidos, modelagens e cores traz à passarela a moda urbana em grifes como Amapô, Colcci, Cavalera, Sacada,  Iódice, entre outros.

O metalizado vem chegando aos poucos pelas grifes desfiladas. Inspiradas nos anos 60, 70 (Lilly Sarti), releitura do conto "João e Maria" dos irmãos Grimm (Cavalera) e o acervo de criação da própria marca na coleção da Amapô.

O SPFW foi criado em 1996 com a inciativa de Paulo Jorges, desde então esta chamando cada vez mais a atenção internacional para a moda brasileira que antes era apenas algo baseado na moda internacional, principalmente da Europa. 

10 de novembro de 2014

Resenha da linha COCO BRAZIL da KERT


Oi gente! Não vou nem justificar minha ausência porque provavelmente todo mundo aqui sabe do ENEM, e que ele aconteceu esse fim de semana. Pois bem, agora que acabou, dá pra postar no blog! Bom, recebi semana passada esse kit da KERT, da linha COCO BRAZIL e depois de uma semana de uso, vim contar o que achei da linha para vocês.

O que essa linha tem de diferente das outras é o hidratante protetor com filtro UV, o uso é recomendado antes ou durante a exposição ao sol, porque o cabelo também sofre com os danos solares, e é super importante proteger os fios para que eles não enfraqueçam. Esse creme é super fácil de espalhar por todo o comprimento, o recomendado é aplicar com uma distância de 15 a 20 cm do cabelo, mas eu aplico na mão e massageio por todo o comprimento, susbtituindo o leave in.

Diferente da última linha que recebi (Termal Act), os produtos dessa linha são bem menos cremosos e com a formula bem mais leve, o que facilita a aplicação deixando os cabelos mais sedosos e limpos.


Quanto ao creme de tratamento, o resultado é imediato. Depois de lavar o cabelo com shampoo, aplicar o creme por todo o comprimento e deixar agir de 5 a 10 minutos, os fios ficam mais fortes, macios, perfumados e livres do frizz. #Dica: A touca de alumínio tende a aquecer o cabelo, fazendo com que o creme possa agir mais profundamente. Por isso, recomendo super o uso da touca de alumínio sempre que for hidratar o cabelo com qualquer creme de tratamento que seja.

Enfim gente, essa linha é uma delicia de usar, o cheirinho de coco dura muito tempo no cabelo, recomendo muito pra quem gosta de ter o super cabelo cheiroso por mais tempo ♥♥

Sigam a KERT nas redes sociais (youtube, twitter, facebook, instagram) e visitem o site oficial, tem muitos produtos mais!
Beijinhoss da Lai ;)

2 de novembro de 2014

Inspire-se: Decoração com flores

Foto por Luiz Gonzalez
Oi gente!
Devo confessar que estou definitivamente animada com essa postagem. Eu adoro flores! Quem é que não adora? Flores são delicadas, perfumadas, bonitas, e por isso, deixam qualquer lugar, por mais cinza que seja, mais bonito. As flores podem ser usadas como decoração, não apenas para presentear alguém ou para enfeitar o jardim, até porque essas duas coisas são maravilhosas de serem vistas/feitas/cuidadas, mas também para enfeitar a casa. 


A única coisa que eu não recomendo das inspirações acima é colocar água nas garrafas e nas lâmpadas, porque duvido muito essa água ser tratada sempre, e o que é lindo e delicado pode se tornar um ótimo lugar pro mosquitinho da Dengue reproduzir-se. 

Em todas as fotos (ou grande parte) as flores são de plásticos porque elas não murcham, mas isso não significa que flores murchas são feias. Quem é que nunca colocou uma flor no meio de um livro e deixou lá secando/perfumando as paginas? Eu não sei se muitas pessoas fazem isso, mas eu faço com muita frequência. 

12 
Essas três fotos são das flores secas que eu tenho no balcão aqui de casa. Viram no terceiro quadrinho? Você pode colocar o que quiser, eu coloquei flores e uma folha que caiu bem na minha cabeça quando eu estava voltando de mais um dia na escola (essa é a linda e emocionante história da folha que caiu na minha cabeça). 

3
E eu não posso de jeito nenhum terminar essa postagem sem a foto da decoração com flores que tem lá na tia do salgado na praça em frente a UNESP de Ilha Solteira. Vou sentir muita falta do café sem açúcar de lá ♥

Bom, então é isso galera. Deixem a vida de vocês mais colorida, mais perfumada. Flores não são lindas a toa, por isso, aproveite ao máximo a beleza que a natureza tem para nos oferecer ♥ (mas sem descuidar dela, ok?!).
Beijinhosss