textos

Ela não era tão amiga assim

22:32


Sorte a dela de que estava escuro e tinha fumaça por todo o lado, assim, ninguém repararia no seu rosto molhado. Dizem que a bebida te deixa mais a vontade à fazer as coisas que não tem coragem quando esta são, uma dela é o uso de drogas, coisa que ela tinha jurado nunca fazer por ser nojento e etc, etc, etc... Mas ela ouviu falar também que isso poderia trazer uma sensação de bem estar, e nem que seja por alguns instantes, ela queria sentir isso, pois estava cansada de apenas sentir falta, então juntou-se à turma que esta sempre distante do resto do pessoal e aprendeu como acender um cigarro.

Acendeu e colocou-o na boca, disseram-na para puxar com força e depois assoprar a fumaça, foi o que ela fez, mas não foi o suficiente porque fumaça nenhuma saiu. Precisava de mais força. "Droga, isso parecia ser mais fácil", então ela tentou de novo e de novo e de novo. A turma teve paciência, todos sabiam que ela era novata, e parece que quanto mais gente ali, mais divertido seria. Sua cabeça começou a doer, um pouco de todos os lados, havia perguntado se aquilo era normal, responderam-na que sim, então resolveu sair por alguns instantes, beber um pouco de água e respirar um pouco de ar puro. Lembrando que estar fazendo aquilo era com a finalidade de sentir o bem estar, e não aquela dor de cabeça horrível.

Voltou minuto depois, ficou sentada assistindo o pessoal se drogar, ficar chapado, soltando a fumaça pela boca que se espalha rapidamente pelo ar. Um deles, forte, alto, loiro, olho azul, o garoto por quem ela era afim quando estudaram juntos há 5 anos, estava de pé na sua frente, abaixou-se até ficar com seus rostos frente à frente, assoprando a fumaça no rosto dela, aproximando-se lentamente até conseguir um beijo com gosto de maconha e conhaque. Ela gostou daquilo. Pegou um cigarro, agora treinada conseguiu tragar sem dificuldade. 

Era bom estar ali, a sensação de bem estar já estava tomando conta do corpo dela. Jogou seus braços para trás, apoiando-os no encosto do banco, enquanto usava uma mão para levar o cigarro a boca, usava a outra mão para apoiar a cabeça e bagunçar seu cabelo. Estava sentindo-se sexy. Apoiou seus cotovelos no encosto novamente e jogou a cabeça para trás, soltando a fumaça pouco a pouco. Olhou para o céu através da fumaça, viu as estrelas mas não encontrou a lua. Não tinha certeza se aquilo realmente eram estrelas, mas tinha certeza de que não gostaria de estar em nenhum outro lugar a não ser ali mesmo.

Então de repente se deu conta que o motivo que havia deixado seu rosto molhado há algumas horas, agora fazia-a rir, de alguma forma, não ter a sua melhor amiga mais por perto parecia algo engraçado. Disse a si mesma de que na verdade ela não era tão amiga assim, e que escrever aquelas duas cartas dando um pé na bunda dela dizendo que não dava mais pra fingir que estava tudo bem fora a melhor coisa que já tinha feito na sua vida. Escrever duas cartas dando um pé na bunda da melhor amiga lésbica apaixonada não é coisa que qualquer pessoa faz, é por isso que ela estava se sentindo além de sexy, ousada e inquebrável. Jurou a si mesma que a partir daquele momento, ela não deixaria mais nada e nem mais ninguém partir seu coração.

Afinal de contas, ela já havia aprendido a lição. As pessoas não entram na sua vida para ficar. A maioria delas estão de passagem para te provar algo, e depois ir embora. Tudo que acontece é passageiro, ela já estava acostumada em dizer adeus, "até nunca mais", em afastar pessoas que juraram ficar para sempre, se ela deixasse alguém entrar na sua vida como as outras pessoas que saíram, seria estupidez, porque é claro que ela sabe como isso termina... A vida é feita de despedidas, e ela aprendeu a machucar as pessoas antes que as pessoas a machucassem.

You Might Also Like

3 comentários

Oi!! Deixe seu comentário na caixinha dizendo o que achou do post, do blog ou simplesmente tirando alguma dúvida.
Para avisos sobre memes ou selinhos, comentem na página de selinhos (clique no link "Selinhos" lá em cima), por favor. Se não eu nunca vou responder por pura distração :\
Se quiser fazer uma troca de links, ou seja: parceria, comente na página "Mais blogs". O link está lá em cima, perto do link "Selinhos", vou adorar ter parceria com o seu blog :)
Então, é isso. Obrigada por comentar, volte sempre!

Cadastre-se no blog

SUBSCRIBE

Já me visitaram