kiera cass

Resenha: Trilogia A Seleção da Kiera Cass!

15:02

Livros, ah, os livros! Neles podemos ir pra qualquer lugar, aprender e sonhar. É a melhor fonte já existente para os prazeres da vida e muitas vezes, a salvação em variados momentos das nossas vidas. É neles que me encontro, neles é onde tenho a certeza das minhas incertezas, não há medo ao enfrentar certas situações depois de uma boa leitura.
E é depois desse pequeno trecho que irei falar de uma trilogia que na minha opinião merece ser lida e relida várias e várias vezes. Vamos lá?


Kiera Cass soube escrever e passar para esses três volumes algo que me deixou sem ar! A cada página você não consegue parar até ler algo que tenha algum desfecho e você poder, enfim, respirar. Ufa! Meu gênero favorito é romance histórico, e esse, foi bem interessante, ele se passa depois da Terceira Guerra Mundial, onde os EUA se tornou Estados Unidos da China. Bem louco, né? As famílias são divididas por Castas de acordo com as profissões, por exemplo, a nossa personagem principal, America Singer era da casta Cinco porque ela era artista, então, a família dela teria que se sustentar dentro da arte. E por aí vai, a Casta Um obviamente eram da realeza e a Oito eram os que não possuíam nada ou teriam feito algo terrível para a Um e foram rebaixados de casta e vivem na rua.

"Não queria ser da realeza.
Não queria ser Um.
Não queria nem tentar."

Tudo começa com uma carta. (Ah, as cartas..) America Singer recebe um comunicado da realeza que o único filho dos reis e herdeiro Illéa iria se casar e como já vinha acontecendo há gerações o casamento seria ocorrido por uma Seleção. (Que nós podemos associar a um Reality Show). Essa Seleção seria de todo o país e apenas 35 meninas iriam ser escolhidas.. E claro que America é escolhida. Mas antes de tudo ocorrer houve um contratempo com seu namorado Aspen (que era da Casta Seis, por ser um empregado), eles não podiam se encontrar para ficarem juntos, era proibido exatamente por ele ser inferior a ela. Depois de uma briga entre os dois e alguns desentendimentos, ela acaba se inscrevendo no concurso e é como eu disse, escolhida.

"Não se sentia capaz de ser princesa. 
Não queria abandonar Aspen.
Não sabia o que fazer."

É nesse segundo volume que começa o triângulo amoroso e provavelmente algum probleminha de coração. Agora são 6 garotas e ela continua ficando na Seleção mesmo sem saber escolher o que realmente quer. Ela tem uma mistura de sentimentos que não sabe controlar, ela reconhece o que nosso príncipe Maxon tem de melhor, mas não consegue apagar da memória tudo o que já viveu com Aspen. E claro que tem a coroa. America recua toda vez que pensa que ela um dia teria que ocupar o lugar da rainha. É nesse livro que quase tive uma síncope por ela não querer escolher logo, diante do fato de que as outras 5 meninas estão lutando pela coroa e pelo casamento. Arrrg, fui Team Maxon desde o primeiro livro e não contive minha raivinha pela America, mas, foco, força e fé...

"Estava cansada da competição.
Precisava terminar de vez com Aspen.
Lutaria por Maxon."

Querem uma dica? Comprem os três volumes de uma vez. Não ousem comprar um por um. Sério. O meu terceiro volume chegou duas semanas depois que eu tinha acabado os outros dois. Pensem numa pessoa desesperada? Mas tudo foi ficando calmo quando, no decorrer da leitura eu me apaixonava ainda mais por esse casal. Príncipe Maxon, sendo príncipe e tudo o que fez nossa America resolver o que queria. O triângulo amoroso terminou da melhor forma que Kiera Cass poderia ter imaginado.
Mas, como nada (nem nos livros) é um conto de fadas, nessa estória passamos por dificuldades com os Rebeldes. Quem são? O que queriam? Aparentemente eles eram dois grupos, bem diferentes um do outro. Um, queria machucar a realeza ou tudo que passava na frente, o outro, vocês podem conferir lendo esses livros graciosos com a capa da moça linda com vestidos maravilhosos. Rs

Espero que eu tenha aguçado a vontade de ler e descobrir tudo o que esses três livros podem te contar. E se você já leu, a America, Maxon e Aspen estão com saudades e querem ser relidos. Aposto que sim. 

Ah! Nos agradecimentos do segundo livro, Kiera Cass escreve: "(...) Espero que ele tenha feito você sentir a inevitável necessidade de tuitar às três da manhã. É o que acontece comigo, pelo menos." E foi o que aconteceu comigo, Kiera tem twitter e podem encontrá-la aqui.

You Might Also Like

1 comentários

Oi!! Deixe seu comentário na caixinha dizendo o que achou do post, do blog ou simplesmente tirando alguma dúvida.
Para avisos sobre memes ou selinhos, comentem na página de selinhos (clique no link "Selinhos" lá em cima), por favor. Se não eu nunca vou responder por pura distração :\
Se quiser fazer uma troca de links, ou seja: parceria, comente na página "Mais blogs". O link está lá em cima, perto do link "Selinhos", vou adorar ter parceria com o seu blog :)
Então, é isso. Obrigada por comentar, volte sempre!

Cadastre-se no blog

SUBSCRIBE

Já me visitaram