textos

Não da pra confiar em alguém que passa gel no cabelo

21:45


Sábado de manhã. Eu deveria estar dormindo, mas estava louca para ligar o celular e ver se você havia me enviado alguma mensagem. Como era previsto, você não deixou, e então eu dou uma risada de mim mesma por ter tido esperanças de que o nosso pequeno "lance" não era só físico, e que você viria atrás de mim quando eu disse que não dá mais, então eu desisti. Não é como se eu me importasse com isso. 

Algumas horas antes da gente se ver pela última vez eu definitivamente não sabia o que vestir, eu queria algo menininha, mas não tao inocente, e então eu comecei a tirar todos os meus jeans superjustos do guarda-roupa e passar os cabides de todas as blusas cor-de-rosa, uma por uma, e vestir cada uma delas a procura da blusa perfeita para usar junto com o meu jeans preto de cintura alta super surrado. Eu encontrei. Logo a blusa que eu nunca usei antes ficou perfeita com o meu tênis preto que customizei com Glitter e miçangas.

No final das contas, eu percebi que nem fiz tanta bagunça assim. Eu sabia o que eu queria fazer com você aquela noite, e o que eu queria combinava perfeitamente com aquela roupa. Eu gostei de saber que você adora o meu estilo menininha, mas ao mesmo tempo ousada, usando tênis com Glitter e calças rasgadas, e que você adora minha cintura fina e meu cabelo cacheado bagunçado. OK, você não disse isso, mas quando eu te olhei e perguntei se eu precisava arrumar o cabelo, você disse "eu gosto dele assim". Mesmo assim, eu tirei um grampo do bolso traseiro do meu jeans e dei uma ajeitada básica, porque é claro que não da pra confiar em alguém que passa gel no cabelo.

Você pegou na minha mão, e eu quis soltar, mas não o fiz porque sabia que essa seria a ultima vez. Te olhei nos olhos, envergonhada, a luz do luar iluminava sua pele de um modo super quente, você estava definitivamente perfeito para mim aquela noite, usando roupas pretas só porque eu te disse no dia passado que você fica bem de preto, achei isso legal da sua parte, mas em vez de te abraçar e te achar um fofo, eu me afastei com medo de me apegar, já que é obvio, tá na cara que eu não sou a única com quem você esta se encontrando ultimamente. Então, eu apenas aproveitei o momento, segurando a vontade de te falar o que treinei durante alguns dias porque simplesmente não era a hora e porque faltava coragem de te soltar e simplesmente sair andando como se isso não mexesse comigo.

Durante aquele tempo eu disse seu nome algumas vezes seguido por reticências, tentando achar um modo de começar o assunto. Mas não consegui. Então, decidimos que já era hora de ir embora, eu fui na frente, olhei pra trás centenas de vezes desejando que você viesse atrás de mim e dissesse que poderíamos voltar juntos, afinal, qual o problema? Não devemos nada a ninguém, não é mesmo? Claro que não. Quer dizer... Eu não devo nada a ninguém, mas não sei o que suas contatas do whatsapp diriam se nos vissem juntos. É claro que você não veio atrás de mim, então, antes que fosse tarde demais eu caminhei de volta ate você, falei seu nome do mesmo jeito que havia tentado falar anteriormente, e em vez das reticências, usei dois pontos. Agora é a hora, falei pra mim mesma.

Então eu soltei. Soltei tudo que eu sentia para você. Enrolado, atrapalhado, atropelado. Você disse pra eu pensar, mas não tem no que pensar, já estou apegada demais a nós dois e não quero isso, não quero ir dormir pensando em alguém e acordar pensando nessa mesma pessoa, eu não quero que as músicas nojentinhas e apaixonadas da Manu Gavassi façam sentido para mim... Eu não quero sentir a sua falta.

Finalmente!! Consegui escrever um texto pro blog. 
Espero que vocês que leram tenham gostado. ♥♥♥ 
Beijos!

You Might Also Like

2 comentários

Oi!! Deixe seu comentário na caixinha dizendo o que achou do post, do blog ou simplesmente tirando alguma dúvida.
Para avisos sobre memes ou selinhos, comentem na página de selinhos (clique no link "Selinhos" lá em cima), por favor. Se não eu nunca vou responder por pura distração :\
Se quiser fazer uma troca de links, ou seja: parceria, comente na página "Mais blogs". O link está lá em cima, perto do link "Selinhos", vou adorar ter parceria com o seu blog :)
Então, é isso. Obrigada por comentar, volte sempre!

Cadastre-se no blog

SUBSCRIBE

Já me visitaram